Prefeito de Itagimirm morre após levar seis tiros

0
25

prefeitodeItamagimirimO prefeito do município de Itagimirim, no Sul da Bahia, Rielson Santos Lima (PMDB), não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada desta quarta-feira 930), após levar seis tiros. De acordo com informações publicadas pelo blog Rastro101, o gestor foi atingido na região do abdômen. Os disparos foram feitos por homens a bordo de uma motocicleta. 

Segundo informações de testemunhas publicadas pelo blog, Rielson estava sentado com um amigo em uma lanchonete na Praça Castro Alves, quando sofreu os disparos. Após ser atingido, o gestor conseguiu correr por pelo menos 200 metros e foi socorrido por um policial que estava de folga. Ele foi atendido pelo SAMU e encaminhado às pressas para Eunápolis para realizar uma cirurgia.

Ainda não há informações sobre o local e horário do enterro.

*Do BocãoNews

 

Corpo do prefeito de Itagimirim é velado

rielson_2008O corpo do prefeito de Itagimirim, Rielson Lima, 51 anos, está sendo velado na Igreja São João Batista, no centro de Itagimirim. O sepultamento será às 15h, no Cemitério Municipal.

Rielson Lima foi vítima de atentado na noite de terça-feira (29). Segundo testemunhas, dois homens de moto disparam vários tiros contra o prefeito que se encontrava num bar com um primo no centro de Itagimirim.

O prefeito foi socorrido por um policial militar que estava de folga e encaminhado para o hospital da cidade, onde recebeu os primeiros atendimentos.

Rielson Lima foi conduzido por uma ambulância do SAMU para o Hospital Geral de Eunápolis, onde chegou por volta das 20h.
O prefeito foi atingido por tiros no tórax, pulmão e abdômen. A vítima faleceu quando a cirurgia no abdômen estava sendo encerrada.

Em estado muito grave, o prefeito foi submetido a uma cirurgia que durou cerca de três horas, mas não resistiu e morreu por volta das 23h. ‘Ele perdeu muito sangue e a pressão baixou muito’, relatou o secretário de Saúde de Eunápolis, Mário Gontijo.

Investigações

Investigadores do Depin – Departamento de Polícia do Interior -, estão vindo de Salvador para se integrar às equipes da delegada Valéria Fonseca, coordenadora da 23ª Coorpin e do delegado Hermano Costa, substituto em Itagimirim. Até o momento a polícia não informou a linha de investigação.

Rielson Lima estava no segundo mandato e deixa esposa e dois filhos. A polícia trabalha nas investigações, mas até agora nenhum suspeito.

*Do Radar64

 

SEM COMENTÁRIO