Penúltimo debate é marcado por protagonismo de nanicos e fugas de Rui e Souto

0
32


xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic_.Yfm46bJ8kgDa Luz (PRTB) e Marcos Mendes (PSOL) foram alçados a condição de protagonistas dos embates entre os candidatos ao governo da Bahia durante o penúltimo debate antes do primeiro turno, realizado pela projeto Vota Bahia, parceria entre TV Aratu, jornal A Tarde e rádio Metrópole. Apesar do candidato do PRTB ter levantado o tom quando questionado sobre o programa de infraestrutura logística (PIL), vieram dele os momentos mais marcantes do encontro entre os postulantes ao Palácio de Ondina – com ataques direcionados, principalmente, ao ex-governador Paulo Souto (DEM). Já Marcos Mendes dividiu os ataques entre Rui Costa (PT) e Souto, mostrando o que o partido considera falhas das administrações do antigo PFL e do PT à frente do governo da Bahia nos “últimos 50 anos”. Instados a falar sobre dois momentos delicados da política baiana, os escândalos da Empresa Baiana de Alimentos (Ebal) e do Instituto Brasil, Rui Costa e Souto optaram por desviar as atenções. Rui buscou transpor a responsabilidade imputada por reportagens da época ao período em que a Ebal esteve sob influência do candidato ao Senado Otto Alencar (PSD) para a administração de Souto e o democrata evitou falar diretamente de um vínculo entre o candidato adversário e o Instituto Brasil, minimizando os efeitos das denúncias na corrida eleitoral, mas atrelando a denúncia ao PT. Mais afastada do centro do debate, Lídice da Mata (PSB) acusou os adversários Rui e Souto de tentarem concentrar as discussões, porém manteve o tom da discussão do último encontro, na sexta-feira (26), na Record Bahia.

*Do BahiaNoticias

SEM COMENTÁRIO