Nissan compra 34% das ações da Mitsubishi

0
167

nissan-mitsubishi-700x388

Como já estava sendo especulado, agora o negócio foi de fato oficializado. A Nissan adquiriu 34% das ações da Mitsubishi Motors. Com isso, a rival nipônica ligada à Renault passa a ter o controle acionário da marca dos três diamantes.

O acordo prevê o pagamento de 237 bilhões de ienes pelo percentual da Mitsubishi e agora a sinergia entre as duas empresas deverá ser ampliada. Ambas já cooperavam em alguns segmentos, especialmente no de kei cars.

A partir do dia 25 de maio, a Nissan poderá designar quatro membros seus para o conselho de administração da Mitsubishi Motors. Dessa forma, a nova controladora poderá inclusive obter a presidência da montadora.

Agora, Nissan e Mitsubishi devem compartilhar plataformas, fábricas, tecnologias e intercâmbio em vários mercados. Ainda não sabemos que impacto isso terá no Brasil. Aqui, a representante da marca é o Grupo HPE, que monta alguns modelos em Catalão/GO.

No mesmo segmento, a Nissan faz a Frontier em São José dos Pinhais/PR, mas sua produção deverá ser transferida para a Argentina, de onde sairão também as equivalentes de Renault e Mercedes. Lá fora, a Mitsubishi está em dificuldades para fazer os sucessores de Lancer e Galant, apostando tudo o que tem em crossovers e utilitários esportivos.

A marca ainda é observada com cuidado nos EUA, onde rumores de sua saída ganharam força após a retirada da Suzuki daquele mercado. Como já era conhecido, a Renault-Nissan compartilharia um sucessor para o segmento do Lancer. Agora é aguardar as novidades que poderão surgir dessa nova união.

*Do NoticiasAutomotivas

SEM COMENTÁRIO