Famílias assentadas em Monte Santo são capacitadas sobre políticas públicas de assistência social

0
67

03085_img_20160519_wa0036_3164440495902218908

A Superintendência Regional do Incra na Bahia firmou parceria com a prefeitura de Monte Santo para facilitar o acesso das famílias assentadas aos benefícios e às políticas públicas do município, localizado no Território de Identidade do Sisal.

Com isso, 150 famílias assentadas em Monte Santo participam de um ciclo de oficinas com a finalidade informá-las sobre políticas públicas e serviços disponibilizados pela prefeitura na área social. A quarta oficina foi realizada na última quinta-feira (20) e outras duas serão realizadas, até dia 30 de maio, com a finalidade de atender mais 20 famílias de assentamentos no município.

A iniciativa das capacitações é da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) do Incra Bahia, prestada em parceria com a Fundação para o Desenvolvimento Científico, Tecnológico, Econômico, Sociocultural, Turístico e Ambiental (Fundesf) e da Secretaria de Assistência Social de Monte Santo.

Após essa etapa, serão agendadas outras oficinas para atender 188 famílias de assentamentos situados no município de Cansanção. “O objetivo é aproximar os assentados das prefeituras e facilitar o acesso às políticas públicas disponibilizadas e a informações”, explica a técnica social Maria Amélia Barbosa, integrante da equipe da prestadora de Ater responsável pelo projeto.

“Essas parcerias contribuem para o desenvolvimento das comunidades e melhoram as ações desenvolvidas pela Ater junto aos assentamentos”, acrescenta a técnica social.

Capacitações
Segundo Maria Amélia, os trabalhadores rurais têm acesso a informações sobre o Benefício de Prestação Continuada (BPC), o Cadastro Único do Governo Federal e seus benefícios, como o Bolsa Família, as funções e diferenças dos serviços do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) e do Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

O Conselho Tutelar ainda realiza palestras sobre educação de crianças e adolescentes e aborda o combate às formas de violência contra menores, que segundo a técnica social, é ponto importante para os cidadãos de Monte Santo.

 

SEM COMENTÁRIO