Prefeito de Saúde não paga conta de luz e Coelba deixa prédios às escuras

0
621

                          Sede da prefeitura de Saúde às escuras por falta de pagamento a Coelba

O prédio da prefeitura de Saúde, na região de Jacobina, teve a energia elétrica cortada por falta de pagamento.  Com faturas em atraso a Coelba não perdoou e efetuou o desligamento do serviço no Paço Municipal, no Mercado Municipal, escolas, creches e outras repartições ligadas à prefeitura. Sem condições de trabalhar, em função da falta de luz, funcionários públicos estão sendo dispensados.

O vereador Ricarte Dantas Ferreira (PSD) relata que se não fosse por força da reação de alguns funcionários, até mesmo o único hospital existente na cidade, e que é mantido pela prefeitura, estaria às escuras. “Só não cortaram a luz do hospital porque os funcionários reagiram, senão todos os órgãos mantidos pela prefeitura estariam sem energia”, afirma o parlamentar.

Segundo apurou a reportagem, a Coelba somente tomou a decisão de interromper o abastecimento de energia após tentar negociar o débito em várias ocasiões, porém, sem êxito.

A reportagem tentou falar com o prefeito Antonio Fernando (PRP), mas o gestor não foi localizado para falar sobre o assunto.

SEM COMENTÁRIO