Espaço Novo Tempo promoverá neste sábado (26) evento para alertar população sobre a campanha Quebrando o Silêncio

0
163


Sábado (26), será o dia de ênfase da campanha Quebrando o Silêncio deste ano. Um projeto educativo e de prevenção contra o abuso e a violência doméstica promovido anualmente pela Igreja Adventista do Sétimo Dia para oito países da América do Sul. Nesta data, em toda região central da Bahia, líderes do Ministério da Mulher estarão mobilizadas para conscientizar a sociedade onde estão inseridas.

NA cidade de senhor do Bonfim esse evento acontecerá esse ano em todas as igrejas, recebendo os visitantes independentemente de sua religião, A Campanha “Quebrando o Silêncio” tem o intuito de orientar as vítimas na busca de ajuda dos órgãos competentes, quebrando assim o ciclo da violência.

Mobilizar autoridades, educadores e educandos, pais e filhos a fim de sensibilizá-los acerca da problemática apresentada. Muito se tem falado de violência doméstica ultimamente.

O governo, ONGs, instituições religiosas e empresas privadas estão se unindo para pôr fim a esse mal que assola a sociedade em todos os níveis. Notícias aterradoras têm deixado o mundo em comoção. Dentro e fora do Brasil, imagens da mídia chocam a população.

O abuso infantil, a violência contra a mulher e o abuso ao idoso abrangem grande parte da violência familiar e ocorrem justamente no lugar em que as pessoas deveriam se sentir mais seguras – seu próprio lar.

Todos os dias a mídia apresenta um quadro de violência assustador. Crianças, mulheres e idosos são as principais vítimas, segundo a Organização Mundial de Saúde, a violência responde por aproximadamente 7% de todas as mortes de mulheres entre 15 e 44 anos no mundo. Em alguns países, até 69% das mulheres relatam terem sido agredidas fisicamente e até 47% declaram que sua primeira relação sexual foi forçada.

Por isso, o projeto tem como objetivo prevenir e combater a violência contra crianças, mulheres e idosos, além de orientar as vítimas na busca de ajuda dos órgãos competentes, quebrando assim o ciclo de violência. A violência doméstica é nutrida pela ignorância.

Assim, para combater esse mal é preciso trazê-lo a público, examiná-lo e dar a solução necessária. Os cidadãos em geral devem se tornar parte dessa solução e o primeiro passo é a prevenção, procurando alcançar todas as faixas etárias.

Com o objetivo de alertar a população. O evento no Espaço Novo tempo contará com a participação da:
📌Psicóloga Patrícia Mangabeira;
📌advogado Davi Dias;
📌patrulha da Ronda Maria da Penha;
📌Enfermeira Queila Matos.

Endereço: avenida da agricultura, 99 bairro do Derba próximo a clínica da DR.Milena Andrade e antes dos bombeiros.

SEM COMENTÁRIO