Um dia depois do massacre, seis vítimas são veladas na Arena Suzano na Grande SP

0
48

O velório dos corpos de seis vítimas do massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), começou por volta das 6h30 desta quinta-feira (14), na Arena Suzano no Parque Max Feffer.

Várias coroas de flores estão distribuídas no espaço. Uma grade divide a área reservada para as famílias das vítimas, e um corredor foi montado para o público circular pelo local.

Os corpos chegaram ao local às 6h10. As vítimas veladas são:

  • Caio Oliveira, 15 anos;
  • Kaio Lucas da Costa Limeira, 17 anos;
  • Samuel Melquíades Silva de Oliveira, 16 anos;
  • Claiton Antonio Ribeiro, 17 anos;
  • Eliana Regina de Oliveira Xavier, 38 anos;
  • Marilena Ferreira Vieira Umezo, 59 anos.
Parentes velam a inspetora Eliana Regina de Oliveira Xavier em Suzano nesta quinta-feira (14) — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters.

Uma missa ecumênica está prevista para acontecer no local às 11h.

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, e o ministro da Educação, Ricardo Vélez, estão na Arena. As autoridades passaram diante de cada caixão e abraçaram as famílias O governador de São Paulo, João Doria, também é esperado no local.

Os corpos sairão da Arena às 15h, com um intervalo de 30 minutos entre cada um e seguirão em cortejo até o cemitério. Eles serão enterrados no Cemitério São Sebastião, com exceção do corpo de Marilena Umezo, que será sepultado apenas no sábado (16), quando um dos filhos dela retornar do exterior.

Segundo a Prefeitura, desde as 6h30, mais de 3 mil pessoas já passaram pelo velório.

Outras vítimas

O velório de Douglas Murilo Celestino começou por volta de 1h em uma igreja evangélica em Suzano.

O corpo do comerciante Jorge Antonio de Moraes está sendo velado no Cemitério Colina dos Ypês, em Suzano, onde será sepultado.

Familiares chegam para o velório de vítima do massacre da Escola Raul Brasil em Suzano — Foto: Maiara Barbosa/G1.

SEM COMENTÁRIO