Menino de 12 anos, morador de Curitiba, foge de casa e vai de avião até SP

0
138

Avião da Latam na pista do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos – Amanda Perobelli – 6.mai.2017/UOL.

Um menino de 12 anos, morador de Curitiba, conseguiu burlar a segurança do aeroporto Internacional Afonso Pena, na região metropolitana da cidade, e embarcou em um voo até São Paulo na segunda-feira (15), sem documentação ou bilhete de passagem. O caso só foi descoberto quando ele já estava no aeroporto de Congonhas, na capital paulista.

Segundo informações do site Massa News, o menino fugiu de casa por ter tirado notas baixas na escola. Ele chegou a falsificar a assinatura dos pais no boletim, mas a professora descobriu e o suspendeu. Foi quando ele decidiu ir ao aeroporto e se infiltrou com integrantes de uma família para embarcar no voo até São Paulo.

A Latam, companhia aérea em que o menino viajou, disse em nota que providenciou o retorno imediato da criança para Curitiba, ainda na segunda-feira (15). A empresa informou também que colabora com as autoridades na investigação do caso, que ainda não tem previsão de término.

“A companhia ressalta que, desde o primeiro momento, esteve em contato tanto com as autoridades quanto com os responsáveis do menor, e prestou assistência para o seu retorno imediato de Congonhas a Curitiba no mesmo dia (15 de abril). A Latam reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.”

A Infraero afirmou, em nota, que “colabora com as autoridades policiais para esclarecer o fato em questão, ao mesmo tempo em que reforçará seus processos de segurança na sua rede de aeroportos.”

Leia a nota da Infraero:

“Com relação ao caso da criança que embarcou no Aeroporto Internacional Afonso Pena (PR), região metropolitana de Curitiba, sem documentação necessária, a Infraero reitera que colaborará com as autoridades policiais para esclarecer o fato em questão, ao mesmo tempo em que reforçará seus processos de segurança na sua Rede de aeroportos.”

Veja a nota da Latam:

“A LATAM Airlines Brasil informa que está colaborando com as autoridades na investigação deste caso, que ainda não tem previsão de término.

A companhia ressalta que, desde o primeiro momento, esteve em contato tanto com as autoridades quanto com os responsáveis do menor, e prestou assistência para o seu retorno imediato de Congonhas a Curitiba no mesmo dia (15 de abril).

A LATAM reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.”

SEM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário