Por que o Dia das Mães é comemorado no segundo domingo de maio?

0
86


“Quando é o Dia das Mães este ano?”. Provavelmente você já ouviu essa frase em algum momento e o motivo disso é porque a data comemorativa não tem um dia fixo como outras celebrações anuais. A única regra é de que a comemoração aconteça no segundo domingo do mês de maio. Porém, não foi sempre assim.

A data dedicada às mães surgiu quando a norte-americana Anna Jarvis perdeu a mãe Ann Marie Reeves Jarvis, em 1905. Decidida a homenagear a matriarca, a jovem começou uma campanha com as amigas para mostrar a importância da figura materna às crianças e adolescentes dentro da Igreja Metodista que frequentava, em Grafton, na Virgínia Ocidental.

A movimentação criada por Anna foi tão grande que, três anos depois, ela conseguiu chamar a atenção do governador da época, William E. Glasscock, com um culto de homenagem às mães feito pela igreja por incentivo dela. Em 1910, o representante instituiu que o dia 26 de abril ia ser dedicado para às progenitoras em Virgínia.

Assim como Anna incentivou William, ele instigou outros governadores a fazerem o mesmo nos anos seguintes. O alcance maior aconteceu quando o presidente dos Estados Unidos na época, Woodrow Wilson, também decidiu comemorar a data no país com um dia fixado especificamente por Anna: o famoso segundo domingo de maio. A data foi oficializada em 1914 e ganhou comoção internacional a partir de então.

O Dia das Mães no Brasil

Assim como aconteceu nos EUA, no Brasil a comemoração começou em um local específico: a Associação Cristã de Moços de Porto Alegre, em 1918. Só que, como ocorreu com o Dia do Trabalho, aqui a data só passou a ser celebrada da mesma forma que acontecia nos Estados Unidos quando Getúlio Vargas a instituiu oficialmente – em 1932.

SEM COMENTÁRIO