Homem que atirou contra três irmãos após partida de sinuca em Filadélfia consegue liberdade

0
705

Um dos julgamentos mais esperado dos últimos tempos na Comarca de Pindobaçu Bahia, foi relacionado ao acusado José Augusto Bispo de Oliveira, que conforme informações da polícia, pertencia uma organização criminosa de assalto a banco conhecida como CLÃ DOS ROCHAS.

No dia 18 de dezembro de 2016, em Filadélfia, ele teria cometido um duplo homicídio qualificado e uma tentativa qualificada, contra os irmãos Jorge Luís Anastácio de Oliveira e Rui Anastacio da Silva, estes indo a óbito, e o sobrevivente irmão Ramon Anastácio da Silva.

O júri aconteceu nesta última sexta-feira (14) onde foi presidido pela Juíza Geiza, tendo na acusação a Promotora de Justiça a Drª Daniela Cordeiro e tendo como advogado de defesa o criminalista bonfinense Pedro Cordeiro, o qual obteve êxito no júri colocando o mesmo em liberdade.

Relembre o caso

José Augusto teve a prisão decretada pela Justiça, em dezembro de 2016. Divulgação / Polícia Civil

José Augusto Bispo de Oliveira, o Zezinho, foi preso no dia 26 de janeiro de 2017, no município baiano de Filadélfia. Ele é suspeito de ter matado os irmãos Jorge Luiz e Rui Anastácio da Silva e ter deixado Ramon Anastácio da Silva, que também é irmão da dupla de vítimas, após uma briga durante partida de sinuca.

O mandado de prisão de José por duplo homicídio estava em aberto desde dezembro do ano passado. Além dele, os investigadores da Delegacia Territorial (DT) de Filadélfia prenderam a sua companheira, Silvania Grande da Silva, 26, flagrada com um revólver calibre 38 e seis munições. A arma apreendida teria sido utilizada durante as execuções. O casal se preparava para fugir da cidade.

Zezinho e Silvania ficarão custodiados na carceragem da 19ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Senhor do Bonfim), à disposição da Justiça.

SEM COMENTÁRIO