União libera verba de custeio para ações de alimentação e nutrição de 84 cidades baianas; Sr. do Bonfim e outros municípios

0
146


Um total de 84 municípios baianos com população entre 30 mil e 150 mil habitantes terão recursos para ações na área de alimentação e nutrição.

O repasse será feito da seguinte forma: cidades com população entre 30 mil e 50 mil recebem R$ 12 mil; aquelas que têm de 50 mil a 100 mil habitantes recebem R$ 13 mil e por fim, os municípios com contingente de 100 mil a 150 mil, terão R$ 16 mil.

De acordo com a Portaria 2.068/2019, publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda (12), os valores vão ser transferidos, em parcela única, diretamente para o Fundo Municipal de Saúde. As cidades da lista são:

Amargosa [R$ 12 mil], Araci [R$ 13 mil], Barra [R$ 13 mil], Barra do Choça [R$ 12 mil]. Bom Jesus da Lapa [R$ 13 mil], Brumado [R$ 13 mil], Cachoeira [R$ 12 mil], Caetité [R$ 13 mil], Camacan [R$ 12 mil], Camamu [R$ 12 mil], Campo Formoso [R$ 13 mil], Canavieiras [R$ 12 mil], Candeias [R$ 13 mil], Cansanção [R$ 12 mil], Capim Grosso [R$ 12 mil], Casa Nova [R$ 13 mil], Catu [R$ 13 mil], Cícero Dantas [R$ 12 mil], Conceição do Coité [R$ 13 mil], Conceição do Jacuípe [R$ 12 mil], Correntina [R$ 12 mil], Cruz das Almas [R$ 13 mil], Curaçá [R$ 12 mil] e Dias d’Ávila [R$ 13 mil].

A listagem continua com: Entre Rios [R$ 12 mil], Esplanada [R$ 12 mil], Euclides da Cunha [R$ 13 mil], Eunápolis [R$ 16 mil], Gandu [R$ 12 mil], Guanambi [R$ 13 mil], Inhambupe [R$ 12 mil], Ipiaú [R$ 12 mil], Ipirá [R$ 13 mil], Irecê [R$ 13 mil], Itabela [R$ 12 mil], Itaberaba [R$ 13 mil], Itamaraju [R$ 13 mil], Itapetinga [R$ 13 mil] Itapicuru [R$ 12 mil], Itiúba [R$ 12 mil], Jacobina [R$ 13 mil], Jaguaquara [R$ 13 mil], Jaguarari [R$ 12 mil], Jeremoabo [R$ 12 mil], Livramento de Nossa Senhora [R$ 12 mil], Luís Eduardo Magalhães [R$ 13 mil], Macaúbas [R$ 12 mil], Maragogipe [R$ 12 mil], Mata de São João [R$ 12 mil], Monte Santo [R$ 12 mil], Morro do Chapéu [R$ 12 mil], Mucuri [R$ 12 mil] e Nova Viçosa [R$ 12 mil].

Ainda entram no rol: Paratinga [R$ 12 mil], Paulo Afonso [R$ 16 mil], Pilão Arcado [R$ 12 mil], Poções [R$ 12 mil], Pojuca [R$ 12 mil], Porto Seguro, R$ 16 mil], Remanso [R$ 12 mil], Riachão do Jacuípe [R$ 12 mil], Riacho de Santana [R$ 12 mil], Ribeira do Pombal [R$ 13 mil], Rio Real [R$ 12 mil], Ruy Barbosa [R$ 12 mil], Santa Maria da Vitória [R$ 12 mil], Santaluz [R$ 12 mil], Santo Amaro [R$ 13 mil] e Santo Antônio de Jesus [R$ 16 mil].

A lista finaliza com Santo Estêvão [R$ 13 mil], São Desidério [R$ 12 mil], São Francisco do Conde [R$ 12 mil], São Gonçalo dos Campos [R$ 12 mil], São Sebastião do Passé [R$ 12 mil], Seabra [R$ 12 mil], Senhor do Bonfim [R$ 13 mil], Sento Sé  [R$ 12 mil], Serra do Ramalho [R$ 12 mil], Serrinha [R$ 13 mil], Simões Filho [R$ 16 mil], Tucano [R$ 13 mil], Valença [R$ 13 mil], Vera Cruz [R$ 12 mil] e Xique-Xique [R$ 12 mil].

SEM COMENTÁRIO