Criança presencia mãe ser morta a tesouradas pelo tio em Salvador

0
325

“Era uma menina de família, que gostava de trabalhar”. São com essas palavras que Wagner da Conceição, sogro de Iane Nascimento, de 20 anos, descreve a jovem.

Ela foi morta com diversos golpes de tesoura dentro de casa no início da tarde desta terça-feira (17/9) na Rua Dique Pequeno, bairro do Engenho Velho da Federação, em Salvador. Inicialmente, havia a suspeita que uma faca teria sido utilizada, mas em seguida a polícia confirmou que uma tesoura foi usada pelo criminoso. O suspeito do assassinato é o irmão de Iane.

O caso chocou os vizinhos do imóvel. De acordo com testemunhas, Iane e o suspeito tiveram uma briga antes de o homicídio acontecer. “Falta de conselho não foi pois disseram que eles dois tinham problemas, já que brigavam muito. Dizem que a discussão toda foi por conta do cartão da mãe, que ela ajudava, e ele não aceitava. Iane já tinha recebido ameaças”, disse Wagner.

A vítima deixa uma filha de dois anos, que presenciou tudo. As testemunhas dizem ainda que o rapaz trancou a irmã dentro de um cômodo e desferiu diversos golpes. Depois, ele conseguiu fugir e está sendo procurado pelos policiais militares da 26ª Companhia Independente (CIPM/Brotas). Até às 15h, o Serviço de Investigação de Local de Crime (SILC) da Polícia Civil não tinha chegado ao local.

Os familiares do rapaz dizem que, pela manhã, ele havia tentado cometer suicídio, mas foi contido por parentes. Iane e o irmão moravam na mesma casa junto com a mãe deles, que possui problemas mentais. O terceiro irmão, que chegou pouco depois do assassinato e foi identificado apenas como Bruno, não conteve a emoção. “Ele tem que ir junto com ela”, disse, emocionado.

SEM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário