Na Bahia, as escolas teve até essa segunda (16) para fazer a escolha dos livros didáticos junto ao MEC

0
38

Os gestores escolares teve até essa segunda-feira, dia 16, para fazer a escolha dos livros didáticos dos anos finais do Ensino Fundamental. (6º ao 9º anos) que serão entregues em 2020. Para tanto, será preciso acessar o sistema do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), no link (http://pddeinterativo.mec.gov.br/login.php), e apontar as coleções que serão utilizadas nas escolas nos próximos quatro anos.

A escolha dos livros acontece em dois momentos. Primeiro o corpo docente faz uma avaliação do material aprovado pelo Ministério da Educação (MEC) disponibilizado no Guia do PNLD. Depois da escolha, o gestor escolar faz a indicação acessando o site do PDDE Interativo, efetuando o login e utilizando o CPF  e a senha do gestor.

Neste ano, não haverá escolha para o componente Língua estrangeira Espanhol e cada escola poderá escolher uma coleção de projeto integrador, independentemente de ter realizado escolha para os demais componentes curriculares. Além disso, poderá haver a exclusão de determinado componente curricular para algum ano específico do Ensino Fundamental que a escola não atenda ou não queira receber livros.

As escolas também deverão, obrigatoriamente, incluir a ata de reunião da escolha no Sistema PDDE-Interativo. Caso isso não seja feito, as escolas deverão apresentar uma justificativa. Outro ponto que é obrigatório para a aquisição dos livros didáticos é que as escolas devem informar sobre a visita de representante que realizou divulgação de material do PNLD.

A coordenadora do Livro Didático e Biblioteca da Secretaria da Educação do Estado (SEC), Alessandra Santana, fala sobre o alinhamento que a SEC vem promovendo junto às escolas através dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) para este processo. “A SEC, através da Superintendência de Organização e Atendimento da Rede Escolar (SUPEC) e Superintendência de Gestão das Políticas da Educação Básica (SUPED), vem auxiliando os gestores escolares neste processo de escolha, considerando as características territoriais da Bahia. Nesta perspectiva, a SEC busca alinhar os seus programas, projetos e ações, entre elas, o livro didático, visando o fortalecimento da educação nos Territórios, pois o livro didático é fundamental para o aprendizado dos estudantes”, afirmou, ao acrescentar que os livros dos anos finais do Ensino Fundamental são todos reutilizáveis, devendo ser devolvidos pelos alunos às escolas ao final de cada ano.

SEM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário