Prefeitura de Sr. do Bonfim distribui 20 mil raquetes de palmas para agricultores familiares

0
95

Com intuito de possibilitar uma alternativa para alimentação de caprinos, ovinos e bovinos durante o período de escassez de recursos hídrico, a Prefeitura de Senhor do Bonfim, por meio da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura Familiar – Sedaf, distribuiu está semana 20 mil quilos de raquetes (mudas) de palmas para agricultores familiares.

A entrega contemplou associados (agricultores e trabalhadores rurais) da Associação Comunitária Rural de Lagoa da Pedra, na região do Quicé. Um dos beneficiados com mil quilos de raquetes foi o agricultor Edmundo Emílio da Silva, de 60 anos. “Vai ajudar muito, estamos todos satisfeitos”, agradeceu. ”É com muita alegria que a gente recebe esse benefício, vai favorecer muito a nossa criação ”, comentou o senhor Manoel dos Santos, de 50 anos, proprietário de seis vacas leiteiras.

A palma distribuída foi plantada na unidade de produção que fica na comunidade de Caldeirãozinho. Outra unidade de produção coordenada pela Sedaf está localizada na Fazenda Passagem. A palma doada é da espécie Opuntia ficuas, conhecida popularmente como palma gigante “Esta palma é de excelente qualidade – ela está muito adaptada para nossa região, é a mais plantada no Nordeste”, assegurou o engenheiro Agrônomo da secretaria de Desenvolvimento Agropecuário (Sedape), Pablo Vinicius Araújo.

A ação de extrema importância para o Desenvolvimento socioeconômico faz parte do Programa Bonfim em Desenvolvimento. “Essas mudas para multiplicação nas propriedades rurais do nosso município vão ajudar bastante nossos agricultores, reduzindo custos e consequentemente sua demanda por água. É uma iniciativa louvável do prefeito Carlos Brasileiro, junto a Sedaf que tem à frente a secretária Damiana Duarte”, disse o vereador Rê do Sindicato durante entrega.

A próxima entrega será no início de outubro na comunidade do Barro. “O objetivo do governo com essa ação é aumentar a segurança produtiva e melhorar a estrutura dos produtores rurais durante a estiagem, permitindo que a população conviva com a seca”, disse Damiana Duarte, secretária da Sedaf.

O prefeito Carlos Brasileiro também acompanhou a distribuição das raquetes. Na oportunidade, o chefe do Executivo reafirmou o compromisso com a agricultura familiar. “O homem do campo e a sua família sempre tiveram da nossa administração toda a atenção que têm direito e merecem. A nossa gestão sempre estará disponível para auxiliar a agricultura familiar se desenvolver cada vez mais em nosso município”, salientou.

A palma forrageira é uma cactácea altamente adaptada ao semiárido, capaz de resistir à estiagem e produzir neste período. Um hectare de palma alimenta 20 cabeças de bovinos e cerca de 200 cabeças de ovinos e caprinos durante um ano.

SEM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário