Menina de 13 anos mata a própria irmã grávida e arranca bebê com as próprias mãos em Rondônia

0
625

R7 / Reprodução.

Uma adolescente de 13 anos confessou ter matado a própria irmã, além do sobrinho, de apenas sete anos de idade. Fabiana Pires Santana, 23 anos, estava grávida, quando foi assassinada pela adolescente, que teve ainda a ajuda de um outro menor de idade. O caso aconteceu em Rondônia.

O objetivo do assassinato era aplicar um golpe, fazendo a venda do neném. Com isso, após matar a irmã, a jovem teria arrancado o bebê da barriga dela com as próprias mãos. O caso foi dado com destaque pelo Cidade Alerta, da Record TV.

Após realizar o parto forçado com a irmã morta, a adolescente, que não pôde ter o seu nome revelado por ser menor de idade, ainda cavou uma cova rasa no terreno vizinho de onde mora. Com o sobrinho, o destino foi outro. A garota o jogou em um lago da região. O corpo da criança, de apenas sete anos de idade, foi encontrado posteriormente.

Fabiana foi morta com golpes de faca e uma barra de ferro. A menina que confessou o crime teria falado em seu depoimento que cometeu o crime porque sofria violência por parte da irmã e que o cunhado, inclusive, já havia abusado dela. Ou seja, o ato teria sido cometido por vingança.

O jovem que ajudou no assassinato tinha o objetivo de ficar com o bebê. A mãe dele, que teria encomendado a criança, queria fingir uma falsa gravidez. Ele também confessou o crime e, assim como a menina de 13 anos, permanece apreendido. A polícia ainda procura a mãe do menor, que teria encomendado o bebê. Ela pode responder até pelo crime de homicídio, já que o fato de ter o neném acarretaria em duas mortes.

SEM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário