Justiça determina prisão de zagueiro Victor Ramos por não pagar pensão alimentícia

0
144

A Justiça da Bahia determinou a prisão do zagueiro Victor Ramos pelo prazo de um mês por não pagamento de pensão alimentícia. A decisão é da juíza Alessandra Gonçalves Paim Bonanza, da 5ª Vara de Família do Tribunal de Justiça do estado (TJ-BA) e atende ao pedido da ex-esposa do jogador, que reivindica R$ 12.521,35, valor correspondente ao benefício não pago de outubro, novembro e dezembro de 2018.

Durante o processo, o jogador alegou impossibilidade financeira de efetuar o pagamento da pensão alimentícia por endividamento e piora na condição financeira. Ele também propôs o parcelamento da dívida.

Em razão de todo o exposto e dos elementos contidos nestes autos, assim como diante do fato de que o executado foi regularmente intimado acerca da presente execução e da necessidade de cumprir com a obrigação alimentar judicialmente estabelecida, o que não o fez até a presente data, permanecendo, portanto, na condição de devedor, em conformidade com o disposto no art. 528, §3º, do CPC, Decreto a Prisão Civil a de Victor Ramos Ferreira, pelo prazo de 1 mês, por ser este alimentante inadimplente” – diz a decisão.

Formado nas categorias de base do Vitória, Victor Ramos defendeu o CRB na última edição da Série B do Campeonato Brasileiro. Atualmente, o defensor está sem clube.

SEM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário