Após protestos, Globoplay desiste de rodar série sobre história do goleiro Bruno

0
42

Após a avalanche de protestos nas redes sociais, a Globoplay decidiu voltar atrás na ideia de rodar uma série sobre a história do goleiro Bruno, condenado a 20 anos e 9 meses de prisão pelo assassinato de Eliza Samudio e o sequestro e cárcere privado do filho Bruninho, em 2010.

Segundo a coluna de Patrícia Kogut, no O Globo, o projeto sobre o atleta, que seria dirigido por Amora Mautner e escrito por Lucas Paraizo, foi cancelado, mas eles ainda têm intenção de rodar produções recontando crimes conhecidos.

SEM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário