Caixa inicia pagamento do Auxílio Emergencial

Mais de 2,5 milhões de brasileiros inscritos no Cadastro Único do Governo Federal recebem o crédito hoje (09)

0
288

A Caixa creditou, nesta quinta-feira, 09, os primeiros pagamentos do auxílio emergencial do governo federal. O benefício foi creditado na conta poupança de 2.150.497 clientes do banco. Outros 436.078 lançamentos serão realizados pelo Banco do Brasil ainda nesta quinta-feira. Mais de 2,5 milhões de cidadãos já foram beneficiados, tendo sido disponibilizado cerca de R$ 1,5 bilhão.

A Caixa esclarece que não é necessário corrida às agências ou casas lotéricas para ter acesso aos recursos do auxílio emergencial. Os que receberam o crédito em poupança da Caixa podem movimentar o valor digitalmente pelo aplicativo Caixa, pelo Internet Banking ou mesmo utilizando o cartão de débito em suas compras.

Poupança Digital Caixa

A Caixa abrirá automaticamente a Poupança Digital Caixa para 3.113.356 brasileiros considerados aptos a receber o auxílio emergencial e fará o crédito nestas contas na próxima terça-feira, 14. Os que receberem o crédito por meio da Poupança Digital Caixa podem, por exemplo, pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras. É possível também efetuar transferências ilimitadas entre contas da CAIXA ou realizar gratuitamente até três transferências para outros bancos a cada mês, pelos próximos 90 dias.

Cadastramentos no App, Site e Central 111

A Caixa tem registrado números relevantes de acesso ao site auxilio.caixa.gov.br e app Caixa ı Auxílio Emergencial. Até a manhã desta quinta, 09, foram mais de 240 milhões de acessos, sendo que 28 milhões de brasileiros já finalizaram o cadastro.

A Central 111 recebeu mais de quatro milhões de ligações. A aixa reforça a orientação para que sejam apenas utilizados os aplicativos oficiais do banco e que o único site disponível para solicitar o benefício do Governo Federal é o auxilio.caixa.gov.br.

Base de dados

O primeiro lote de dados foi enviado à Caixa nessa quarta-feira, 08. Conforme divulgado pela Dataprev, esse grupo não contempla as famílias integradas por membros com CPFs irregulares ou inexistentes, nem aquelas chefiadas por mulheres sem cônjuge ou companheiro.

O segundo conjunto de informações, de acordo com a Dataprev, será disponibilizado à Caixa na próxima segunda-feira, 13. Farão parte desse próximo grupo as famílias monoparentais com mulheres provedoras e aquelas detentoras do direito, cujos membros tiveram sua situação cadastral regularizada junto à Receita Federal.

Mais informações

SEM COMENTÁRIO