15 de Setembro: Aniversário de 40 anos da Rádio Caraíba de Sr. do Bonfim

0
56


Nesta terça-feira, 15 de setembro, a Rádio Caraíba de Senhor do Bonfim completa 40 anos de fundação. A emissora nasceu de um ideal de Rômulo Galvão, que desejava fazê-la um instrumento educativo, além do papel comum do rádio AM de transmitir notícias e prestação de serviço, aliadas à boa música.

Rômulo Galvão, nascido em Poços, interior de Campo Formoso, foi Deputado Federal por 03 mandatos consecutivos, Secretário Especial do Ministério da Educação (MEC) na Bahia e Secretário de Educação da Bahia.

E assim, a pioneira da região iniciou sua história com um trabalho voltado para as causas sociais e, durante estes 40 anos, travou uma verdadeira luta em favor do desenvolvimento da cidade e da região.

Foi através da Rádio Caraíba que instituições representativas da cidade realizaram campanhas que culminaram em conquistas importantes para a região, a exemplo da construção de várias salas de aula para o Campus VII da Uneb, na época faculdade, e construção do Complexo Policial de Senhor do Bonfim,

Com um olhar sempre voltado aos mais carentes, a rádio criou uma empatia com o público de Bonfim e região, se tornando uma emissora entre as mais queridas e conhecidas do Nordeste.

Por ela, passaram grandes nomes do rádio e do jornalismo, como Amorim Neto, repórter da Rede Globo; Basílio Magno, repórter da afiliada do SBT em Sorocaba-SP; Beto Moreno, locutor e coordenador da Princesa FM de Feira de Santana, entre outros.

Ao completar quatro décadas de uma presença constante na vida do povo bonfinense e da região, a Rádio Caraíba parte para novos rumos ao migrar para FM. O trabalho de instalação dos novos equipamentos já foi iniciado e, até o próximo mês, ela irá transmitir sua programação em nova frequência: 96,7 FM.

Ao seu idealizador, em memória, e a todos que fizeram a continuam fazendo parte desta história de sucesso, os nossos sinceros PARABÉNS!

 

Em 1985, por ocasião do centenário de Senhor do Bonfim, a Rádio Caraíba participou do desfile cívico sendo representada por Maurício Salama, José Borges e Antônio Silva, todos já falecidos, e Jean Almeida e Edmilson Cardoso – Foto: Arquivo

SEM COMENTÁRIO

Deixe seu comentário