Eleições nos EUA: Biden vira na Geórgia e fica mais perto de ser eleito presidente dos Estados Unidos

0
47

O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, conseguiu virar a apuração dos votos na Geórgia no início da manhã desta sexta-feira e está mais perto da vitória nas eleições. Se conquistar os 16 delegados do estado, ele soma 269 votos no Colégio Eleitoral —para vencer, o candidato precisa ter 270 delegados. Donald Trump, atual presidente e candidato à reeleição, tem 214.

Com 98% dos votos apurados no estado, às 8h30, Biden e Trump aparecem com 49,4% dos votos, mas o democrata tem 2.449.580 votos, enquanto o republicano aparece com 2.448.484, segundo o jornal The New York Times. A diferença, portanto, era de apenas 1.096 votos.

O estado, um dos mais importantes a serem conquistados nesta reta final, é um reduto conservador e republicano desde os anos 1990.

Há ainda cinco estados com o resultado em aberto. Em Nevada (6 delegados) e Arizona (11), o Biden lidera, mas a distância para Trump vem caindo.

Nos outros três estados, a liderança provisória é do atual presidente: Alasca (3) —onde ele vai vencendo com ampla margem—, Carolina do Norte (15) e Pensilvânia (20) —nos dois últimos, a distância entre os candidatos vem diminuindo.

Os EUA não têm um órgão oficial que divulga, em tempo real, os resultados das urnas, como o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no Brasil. Por isso, a imprensa faz projeções estatíestatísticas e aponta os vencedores por estado.

SEM COMENTÁRIO