Saúde: Homem morre durante confronto com a Polícia Militar

0
70

Na noite desta sexta-feira, 11 de dezembro, Policiais Militares do 3º Pelotão em Saúde, durante rondas no Bairro do Alto da Santa Cruz, foram acionados por um rapaz bastante assustado e nervoso, o qual passou a relatar que um homem, acompanhado de mais três indivíduos portando armas de fogo, tinha colocado uma arma na sua cara e na boca de seu tio, os passando à ameaça-los de morte.

Os Policiais Militares, após as informações colhidas, iniciaram diligências para o local descrito pela vítima e, ao chegar nas proximidades, foram surpreendidos por disparos de armas de fogo. Diante da situação, os Policiais procuraram anteparos de proteção e iniciaram o revide da injusta agressão, ao tempo que passaram a solicitar a Central de Polícia da 24ª CIPM, reforço policial por estarem em inferioridade numérica diante dos agressores. Um curto período de tempo se passou e os Policiais resolveram se aproximar em incursão cautelosa, momento em que avistaram um dos indivíduos, possuindo 25 anos de idade, alvejado no chão e portando duas armas de fogo (01 revólver calibre 32, carregada com 06 cartuchos de mesmo calibre, sendo que 02 deflagrados, e 01 espingarda de fabricação caseira carregada com chumbo).

Os demais agressores evadiu-se tomando rumo ignorado. Em ato contínuo, os Policiais iniciaram a prestação de socorro para o agressor, o encaminhando para o hospital local, onde fora constatado que o quadro do indivíduo evoluiu a óbito.

Diante do exposto, o Departamento de Polícia Técnica fora acionado e as armas de fogo apreendidas, apresentadas na Delegacia de Polícia.

”Em certas situações, lamentavelmente a Polícia Militar necessita da utilização de meios letais para garantir a Paz e a Ordem públicas, proporcionando assim a continuidade da segurança da sociedade. Temos que agradecer pela proteção Divina por nenhum Policial Militar ter sido vitimado nessa diligência.” Disse o Major PM Flailton Oliveira, Comandante.

SEM COMENTÁRIO