Prefeitura de Jaguarari apoiará projeto pioneiro para recuperação de rio extinto

0
76

A Prefeitura de Jaguarari, Governo Cuidando da Nossa Gente, vai integrar uma ação pioneira, de cunho socioambiental, para a recuperação das nascentes do extinto Rio Estiva que, há mais de 30 anos, cortava as serras do município. Na última sexta-feira, dia 15, as Secretarias de Meio Ambiente e de Agricultura participaram de um encontro, realizado no povoado de Serra dos Morgados,  o que representou o marco inicial do projeto.

O encontro foi organizado pelo Salve as Serras (SAS), movimento ecológico que defende a proteção da sociobiodiversidade das Serras da Jacobina, e reuniu representantes das associações de moradores da Serra dos Morgados e da Berinjela; da Associação de Mulheres de Serra dos Morgados; do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) e da sua secretaria executiva, a Agência Peixe Vivo; além da equipe técnica da Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos (Cobrape).

O PROJETO – “O CBHSF abriu um edital e vimos a oportunidade de construir uma ação que pudesse ser a primeira nas serras. Convidamos a associação de mulheres e fizemos um projeto que foi aprovado pelo comitê, gerenciado pela Peixe Vivo, e hoje iniciamos essa ação que pode se tornar histórica no semiárido: tentar salvar um rio”, comemorou o professor da Uneb e membro da SAS, Juracy Marques.

A estimativa é que sejam investidos cerca de R$ 1 milhão no projeto que envolve três etapas: 1. Elaboração do Termo de Referência, que vai determinar tecnicamente a viabilidade da execução das ações e o padrão de contratação das obras; 2. Construção de barragens subterrâneas, barreiros e cercamento das nascentes; 3. Criação de viveiros de mudas para reflorestamento, com foco em educação ambiental.

A Secretaria de Meio Ambiente se comprometeu em colaborar com o cercamento das nascentes e com a criação de viveiros de mudas; já a Secretaria de Agricultura deve estudar a situação dos dos poços artesianos na localidade.“A Prefeitura de Jaguarari está à disposição para contribuir no que for possível. O governo de Seu Antônio prega o desenvolvimento econômico, mas com sustentabilidade”, afirmou o secretário, Antônio Carlos Xavier.

SEM COMENTÁRIO