Beneficiários não sacam auxílio e R$ 1,3 bilhão voltam para os cofres públicos

Cerca de 1,4 milhões de pessoas não movimentaram o benefício; confira o prazo.

0
100

Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Em torno de 1,4 milhão de beneficiários não sacaram o auxílio emergencial no prazo estipulado. Isso fez com que o dinheiro, que totaliza R$ 1,3 bilhão, fosse devolvido para os cofres da União. As informações são do G1.

Por regra da Caixa Econômica Federal , os beneficiários têm até 90 dias para movimentar o auxílio na poupança social digital. No caso dos contemplados pelo Bolsa Família , o prazo sobe para 270 dias.

Quem não sacar o valor dentro do prazo corre o risco de perder o benefício, assim como aconteceu com essas 1,4 milhão de pessoas.

SEM COMENTÁRIO