Cantor Neto LX é preso em Ilhéus com carro roubado; essa não é a primeira vez que o artista se envolve em confusão

0
121

A policia de Ilhéus, sul da Bahia, apreendeu nesta quinta-feira, 25, em poder do cantor Neto LX, um veículo da marca Jeep que foi roubado em Belo Horizonte, Minas Gerais. O carro foi roubado em 2020 e estava com o chassi adulterado. O veículo, que era dirigido pelo cantor, foi encaminhado à delegacia da 7ª Coorpin, sendo liberado em seguida. O cantor informou que o carro era alugado.

ANTECEDENTES – Em 2018 o artista já havia se envolvido em uma situação policial. Naquela ocasião Neto LX foi conduzido para a delegacia de Itabuna, no Sul do estado, depois de ser flagrado com maconha e ecstasy.

O artista ficou conhecido depois do sucesso da música Gordinho Gostoso, em 2015. A assessoria do cantor informou que as drogas não pertencem a ele e que Neto foi levado para a unidade policial apenas para prestar esclarecimentos.

Segundo a Polícia Civil, o cantor estava com dois homens dentro de um carro quando foi flagrado por policiais militares. Os três foram conduzidos para a delegacia, onde assinaram um Termo Circunstanciado e foram liberados.

Em 2016, nova treta envolvendo Neto LX. Sumido dos palcos e da mídia, o artista teria contraído uma dívida com o dono de um imóvel localizado em Villas do Atlântico, onde morava. O locador Robson Silva relatou que o cantor, que fechou contrato, nominalmente, de 30 meses em julho de 2015, abandonara o imóvel há cerca de duas semanas.

Pior, deixou um aluguel sem pagar, outro corrente, em aberto, já que não fez distrato e sequer procurou algum responsável pelo imóvel. Além disso, deixou contas de água e luz em aberto, segundo Silva. Cada aluguel custava R$ 3.350.

QUEM É – Neto nasceu em Ilhéus, onde viveu até os 18 anos. Aos 12, ganhou o primeiro instrumento, um cavaquinho, presente da mãe, Edna, para incentivar seu talento musical. Quando completou a maioridade, ele se mudou para Itabuna, e 3 anos depois, chegou em Feira de Santana, onde formou a banda Luxúria, dando início a carreira profissional. Foi o início da ostentação, marca registrada do artista.

SEM COMENTÁRIO