Pedro Amorim: O ídolo que uniu medicina e futebol para fazer história

1
28

Foto: O globo esportivo

No Rio de Janeiro, Pedro Amorim pôde realizar o desejo de seu pai ao entrar no curso de Medicina. Apesar de ser um dos grandes ídolos do futebol na década de 1940, soube dividir seu tempo entre os estudos e os treinos, que lhe garantiu sucesso dentro de campos e nos consultórios médicos. Sua determinação ainda serve como exemplo aos jovens que desejam ser atletas e que, muitas vezes, abandonam os sonhos de ter uma outra formação profissional, pois demonstra ser possível conciliar a prática do esporte com os estudos.

1 COMENTÁRIO

  1. Nasci em Senhor do Bonfim na rua do Liberato 7 em 1947.

    Conheci Pedro Amorim como médico e jogando na seleção de Sr do Bonfim

    Seu consultório era na rua da igreja.

    Jogava futebol muito bem apesar da Perna torta

    O seu substituto era o Valdevir famoso Bololó meu cunhado filho do Seu Pedrinho e de D. Judite.

    Lembro-me que quando Pedro Amorim cansava gritava: Bololó entra ai. (Bololó era substituto dele.)

    “A que saudade q eu tenho da aurora da minha vida da minha infância querida que anos não trazem mais……”

Comments are closed.