“Presidente deve procurar outro”, diz Mourão sobre ser vice em 2022

Nos últimos meses, Mourão e Bolsonaro tem se distanciado. O vice-presidente acredita na polarização entre Bolsonaro e Lula no próximo pleito.

0
30

Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

O notório distanciamento entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o vice-presidente, general Hamilton Mourão (PRTB), adianta a costura política para as eleições de 2022. Mourão já deu indícios que não deverá compor a chapa que tentará a reeleição de Bolsonaro.

“Tudo indica que presidente deve procurar outro político para compor [a chapa]. Ele precisa de uma composição política mais robusta”, ponderou, indicando o enfraquecimento de Bolsonaro e a busca por apoio.

As declarações foram dadas em entrevista à Rádio Riacho FM, canal de comunicação da Associação Comunitária de Riacho das Almas, em Pernambuco.

Apesar de indicar que não concorrerá a reeleição com o atual presidente, Mourão não descarta concorrer a um cargo público, mas prefere não adiantar qual caminho seguirá.

“Por enquanto estou no dispositivo de expectativa para tomar uma decisão”, frisou nesta quarta-feira (11/8).

Lula x Bolsonaro

Demonstrando certo ceticismo, Mourão disse que a eleição de 2022 deve ser marcada pela polarização entre Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Contudo, ele espera o surgimento de outros nomes.

“No momento é o que se apresenta. É prematuro. Temos mais de um ano para chegar a eleição. Algumas outra candidaturas tem se apresentado aí, como a de Ciro [Ciro Gomes, do PDT]. Vamos esperar a hora da onça beber água para ver quem irá se apresentar”, finalizou.

SEM COMENTÁRIO