Prefeitura realizou o 1º Seminário Municipal de Entidades da Sociedade Civil Organizada de Sr. do Bonfim

0
46

A Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim, através da Secretaria de Assistência Social com apoio do Núcleo de Apoio e Fortalecimento as Entidades Socioassistenciais – NAFES, realizou na última quinta-feira (25), o 1º Seminário Municipal de Entidades da Sociedade Civil Organizada de Senhor do Bonfim. O Auditório da Universidade do Vale do São Francisco – UNIVAF acolheu aproximadamente 38 (trinta e oito) pessoas, entre dirigentes, gestores e coordenadores das OSCs, servidores públicos, associações comunitárias, fundações, grupos produtivos, ONGs, organizações religiosas, entre outras.

Durante o evento, houve painel e palestra enfocando o tema: Gestão das Organizações do Terceiro Setor: Princípios Básicos das Organizações da Sociedade Civil – OSCs, relação e formalização com o MIROSC. O prefeito Laércio Júnior parabenizou todos que de forma direta ou indiretamente contribuiu para a realização da 1º Seminário Municipal e principalmente no que se refere a organização e a contribuição do público “sociedade civil”, que resultou na apresentação do papel das organizações da sociedade civil –OSCs, com conteúdo técnicos que colaboram com a formalização das OSCs da cidade de Senhor do Bonfim, tendo em vista as exigências do Marco Regulatório (MIROSC).

O palestrante, mestre, professor Francisco Arapiraca, Contador e docente da UNEB Campus VII, contribuiu para o fortalecimento das parcerias entre o Município e as OSCs, resultados decorrentes da formação documental, Captação de recursos e sustentabilidade econômico-financeira das OSC.

“Este seminário assim mobilizado através do NAFES é de suma importância, uma vez que o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) e sua relevância para o desenvolvimento de políticas públicas com foco na redução das desigualdades. E que esse momento faz necessário para ampliar o entendimento da lei 13.019/2014, sobre as parcerias entre a administração pública e as OSCs (associações, fundações, organizações religiosas e cooperativas sociais e de interesse público), com o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias à gestão das parcerias entre as OSCs e o poder público”, destacou Dra. Ítala Suzana da Silva Carvalho.

SEM COMENTÁRIO