Igreja Universal afirma que não é possível ser cristão e de esquerda ao mesmo tempo

0
84

Foto: Alan Santos/ PR

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) publicou, neste domingo (23), em seu site oficial, um texto em que afirma ser impossível alguma pessoa ser, ao mesmo tempo, cristã e esquerdista.

Apesar de apócrifa, a publicação utiliza uma citação atribuída ao bispo Renato Cardoso, que resumiria a posição da Igreja Universal acerca da impossibilidade de ser cristão e de esquerda.

“Se você se diz cristão e ainda vota na esquerda, há apenas duas possibilidades: ou você não segue realmente os ensinamentos do cristianismo ou os segue e ainda não entendeu o que a esquerda é verdadeiramente”, diz o trecho.

Para exemplificar a suposta impossibilidade, a IURD acusa a esquerda de pregar contra o casamento convencional, incentivar a liberdade do uso de drogas, utilizar um assistencialismo manipulador, mentir que luta contra ditaduras, negar a existência de Deus, tentar anular tudo o que os evangélicos dizem e estimular divisões da população.

O texto ainda comete um erro ao afirmar que o marxismo é “base de toda e qualquer ideologia esquerdista”. Na verdade, o uso da palavra “esquerda” para se referir a uma posição política surgiu em 1789, durante a Revolução Francesa, enquanto as ideias do filósofo Karl Marx sobre socialismo e comunismo foram publicadas pela primeira vez em 1848, quase 60 anos depois.

A UNIVERSAL NA POLÍTICA
A IURD tem participação ativa na política brasileira, comandando o partido Republicanos, que é base de apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), no Congresso Nacional, incluindo com indicação de nomes para ministérios.

Na Bahia, sob o comando do bispo e deputado federal Márcio Marinho, o Republicanos integra o arco de alianças do prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), e faz oposição ao governo de Rui Costa (PT).

Entretanto, a aliança com o DEM na Bahia pode chegar ao fim em 2022. O ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), tem articulado para se lançar candidato a governador do estado pela legenda nas eleições de outubro, tornando-se adversário de ACM Neto (DEM) na disputa.

SEM COMENTÁRIO