1 milhão de baianos não tomaram nenhuma dose da vacina contra covid, diz secretária

Maior parte dos hospitalizados são os não imunizados e idosos

0
37

Foto: Reprodução/ redes sociais

A maior parte das pessoas que precisa ser hospitalizada por covid-19 na Bahia não completou o ciclo vacinal ou não tomou nenhuma dose do imunizante contra a covid. A informação foi divulgada pela secretária estadual da Saúde (Sesab), Adélia Pinheiro, nesta quinta-feira (30).

Por causa disso, a secretária fez um apelo para que a população se vacine. “Permanece um grande chamamento à vacinação. Os internados são idosos e pessoas que não completaram a vacinação ou não tomaram nenhuma dose. Temos 1 milhão de baianos acima de 12 anos que não tomaram nenhuma dose de vacina. Busque a vacina. Há vacinas para todas as pessoas”, afirmou.

Apesar de os casos ativos da covid-19 estarem em uma crescente, o aumento de demanda por leitos de UTI e clínicos para a doença é pequeno. De acordo com ela, não há preocupação sobre dar assistência aos doentes. Atualmente, o estado tem 8.075 casos ativos da doença.

“O número de casos ativos é crescente, e há um pequeno aumento de demanda de leitos de UTI e leitos clínicos, entretanto, a taxa de ocupação de leitos é muito baixa, e isso não nos traz preocupação sobre a assistência a baianas e baianos”, disse, nesta quinta.

A secretária disse ainda que, apesar da alta em casos ativos, não há previsão de retomar a obrigatoriedade de máscaras em outros locais além dos já estabelecidos por decreto, como unidades de saúde.

“Nesse momento não há indicação de uso de máscaras de forma coletiva, permanece obrigatoriedade em unidades hospitalares, farmácias. A máscara hoje é uma decisão individual, a pessoa que se sente mais protegida, use a sua máscara e cuide dela”.

SEM COMENTÁRIO